O que fazer na estratégia de marketing digital da sua empresa?

O que fazer na estratégia de marketing digital da sua empresa

Foto: Freepik.com

Muitas empresas de comunicação prometem mundos e fundos para conquistar um cliente. E erroneamente alguns deles acham que qualidade é a mesma coisa que a quantidade de seguidores e likes em postagens. Contudo, a qualidade da comunicação está principalmente na imagem que você projeta no mercado. Essa imagem deve gerar confiança e inspirar credibilidade no público que você quer atingir. É assim que eles vão virar os consumidores do seu serviço ou produto…

Por isso, eu separei algumas dicas do que não fazer nas suas estratégias de marketing digital. Confere só!

Invista em Inbound Marketing

“Olha ele falando em Inglês!”

Relaxa que isso é só o termo da área que significa marketing de atração. Nele você gera um conteúdo de valor para o seu público-alvo. Se seu cliente o considerar útil, você pode estabelecer um relacionamento e é através dele que você vai conquistá-lo (ou não).

É principalmente através dessa estratégia que desenvolvemos soluções para os nossos clientes aqui na EdiCom.

Use o e-mail marketing, mas com moderação

Já falamos da importância das campanhas de e-mail marketing aqui no site, mas agora peço que se concentre nesta palavra: moderação. Quando eu disse “útil” nos parágrafos anteriores, não quis dizer invasivo. Digo isso, pois tem muitas empresas que abusam do poder dessa ferramenta e acabam se tornando inconvenientes. Lotam o e-mail do usuário e acabam gerando incômodo. O máximo que você vai conseguir com táticas assim é o cancelamento da inscrição do usuário no seu mailing.

Outra coisa mega importante é: NÃO COMPRE LISTAS DE E-MAIL! O motivo? Bom…. imagine você ficar recebendo correspondência de um lugar ou alguém que você nunca ouviu falar? O nome disso é SPAM e só vai prejudicar sua imagem.

Dê atenção às suas redes sociais, mas não esqueça do seu site

As redes sociais são uma ótima ferramenta para melhorar o relacionamento de qualquer empresa com seu público alvo. Mas sua página na rede social, não é seu site. Então: NÃO DEIXE SEU SITE DE LADO. As redes sociais devem atrair tráfego para o seu site.

Promova seu conteúdo

A época em que uma conta empresarial, em qualquer rede social, tinha tanto engajamento quanto um perfil acabou. A tendência é diminuir mais ainda. Então, impulsionar seu conteúdo é necessário para atrair cada vez mais clientes. Não ignore isso.

Foque nas suas soluções, não na sua história

Desculpe, mas o consumidor não quer saber do caminho que sua empresa traçou. Ele procura soluções para suas dores. Então produza conteúdo relevante e como seu produto ou serviço pode ajudar a resolver problemas.

Turbine seu SEO

Isso está totalmente ligado à primeira dica. Para seu conteúdo atrair clientes em potencial, otimizá-lo para os sistemas de busca é imprescindível. Então ajuste seu site para as palavras-chave que tenham a ver com seu negócio. Se não souber como fazer, ou não tiver tempo para se aprofundar no assunto, vale o investimento na contratação de um profissional da área.

Fique atento à concorrência

Prestar atenção no que o coleguinha está fazendo pode ajudá-lo a aprimorar suas próprias estratégias ou a não cometer os mesmos erros que ele.

A “primeira impressão” fica e é poderosa

Aqui eu me remeto a apresentação da sua empresa, independente do meio que ela esteja: nas redes sociais, no seu site, nos impressos que você produz para divulgação, nos vídeos… Foque no design e conteúdo, pois, apesar do que muitos empresários acreditam, muita gente analisa a estética de uma peça publicitária. Eu sou suspeito em falar, mas, antes mesmo de trabalhar na área, já conseguia distinguir o que era e o que não era agradável para eu consumir. Seu público quer solução, mas a experiência que sua empresa proporcionar também será um diferencial.

E aí? Gostou deste artigo?
Comenta aqui ou nas nossas redes sociais, ok?

Até a próxima!
😉

Klayton Georgio
Klayton Georgio
Sou formado em Comunicação Social, com habilitação para Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida, e também possuo uma pós em Design Digital pela Estácio de Sá.

Deixe uma resposta